segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Violinistas

O absurdo de fazer violinistas na favela é uma piada trágica 
Nunca houve nem haverá mercado para milhares de violinistas medíocres e sem talento 
Porque artista não é operário que acende seu ofício em alguns segundos e não precisa ter talento nem cérebro mas apenas músculos
Mas aceitar que ser intelectual é para poucos é aceitar que as pessoas não são iguais, não são coletivas e que o comunismo não existe.
Não adianta tentar subliminarmente com a apresentação de gomos de colmeia nem repisar a bobagem que a união faz a força - o símbolo do fascismo - não faz não
Não adianta insistir no impossível
Cientificamente sabemos depois de Einstein que a realidade objetiva não existe o que acaba com o coletivismo socialismo comunismo sociologia e parentes
Por isso os coletivistas de todas as cores tentam denegrir Einstein
Mas não se pode impedir a verdade de vir a tona e a mentira afundar e sumir
Tentar manter os humanos positivistas objetivistas, comunistas é genocídio
E a natureza não perdoa , mata
A verdade é que agro é apenas plantação que boi não é agro nem caminhonete
Quase ninguém mais tá na Gayblo

Papa Xico: “homossexualismo e pedofilia são coisas diferentes “ Tão tá.